Atualizado no dia 08 de Outubro de 2021.

Estar atento  ao que pode ser a causa do sangue nas fezes é de extrema importância. Afinal, a condição pode ser tanto o indicativo de um problema facilmente solucionável quanto o sinal de uma doença mais séria. 

De todo modo, é essencial que a situação seja investigada por um médico.

Para elucidar um pouco sobre o assunto, nós mostramos, neste artigo, as 5 causas mais comuns que podem estar relacionadas ao aparecimento de sangue nas fezes. Acompanhe!

5 possíveis causas de sangue nas fezes

1. HEMORRÓIDAS

As hemorróidas são a causa mais comum de sangramento ao evacuar. Tratam-se de veias ao redor do ânus que se encontram dilatadas ou fora de sua posição habitual. 

As principais causas do desenvolvimento de doença hemorroidária são a constipação, gestações prévias e tendência genética.

Na maioria das vezes, o sangue, de aspecto vivo e brilhante, pode ser detectado no papel higiênico, no vaso em grande quantidade ou em roupas íntimas. Além do sangramento, é comum que o paciente sinta dor ou coceira na região do ânus, devido ao inchaço das veias que atingem as terminações nervosas do local.

Outro sinal de hemorróida é a sensação de uma saliência palpável na borda anal logo após a evacuação. 

O diagnóstico da doenca é clinico, por meio da visualização direta das hemorroidas exteriorizadas no canal anal ou através do toque retal e exame de anuscopia, realizados no consultório médico. 

2. FISSURA ANAL

A fissura anal consiste em um corte que se desenvolve na borda anal. A condição pode ser diagnosticada a partir da queixa e do exame físico proctológico.  

A situação é comum em pessoas que sofrem com a constipação intestinal. As fezes endurecidas ao passarem pelo canal causam um pequeno corte na região.

Nesse caso, a presença de sangue nas fezes ou no papel higiênico costuma ser em menor quantidade. O sintoma que diferencia a fissura anal das outras condições é a dor aguda no momento da evacuação.

3. DOENÇAS INFLAMATÓRIAS INTESTINAIS

É muito importante diagnosticar o que pode ser a causa do sangue nas fezes, pois esses sangramentos muitas vezes indicam a existência de um problema mais sério no sistema digestivo, como a Doença de Crohn ou a Retocolite Ulcerativa.

A Doença de Crohn, é uma das doenças inflamatórias intestinais e pode acometer todo o trato digestivo, da boca até o ânus. Além da presença de sangue nas fezes, existem outros sintomas que podem indicar a condição: 

  • Diarreia; 
  • Febre; 
  • Fadiga; 
  • Cólicas e dores abdominais; 
  • Perda de apetite e de peso; 
  • Dor na região do ânus.

Já a Retocolite Ulcerativa causa inflamações e úlceras no cólon e reto.

Além do sangue nas fezes, é comum que o indivíduo que sofre com a condição sinta: desconfortos abdominais, dores no reto, diarréia, febre, cansaço e perda de peso. Além disso, os sintomas tendem a se intensificar de forma gradativa

4. SANGRAMENTO DIVERTICULAR

Os divertículos são pequenas saliências que se projetam para fora do revestimento do intestino grosso. Em geral, a doença se desenvolve em pessoas com mais de 40 anos, com antecedentes familiares de doença diverticular.

O sangramento diverticular costuma ser de início súbito, vermelho vivo e em grande quantidade. Inicialmente junto com as fezes, mas se não cessar rapidamente o paciente passa a evacuar sangue puro, independente das fezes.

Quando existem inflamações decorrentes dos divertículos, o problema se torna uma diverticulite. Essa condição é mais séria, devendo ser devidamente tratada com um médico especialista. Não costuma cursar com sangramento.

5. CÂNCER COLORRETAL

O sangue nas fezes também pode ser sintoma de um câncer colorretal. A doença geralmente começa com a formação de pólipos no interior do cólon, que, posteriormente, se desenvolvem em tumores de natureza maligna.

Os sintomas do câncer colorretal incluem: diarreia ou constipação intestinal,  desconforto abdominal persistente, fraqueza, cansaço, e a presença de sangue nas fezes.

É importante lembrar que quanto antes o câncer colorretal é diagnosticado, maiores são as chances de controlá-lo. Assim, pessoas acima dos 45 anos, sobretudo as que têm histórico familiar da doença, devem estar sempre atentas aos sinais da doença.

Por fim, é importante lembrar que nem todo sangramento retal significa algo grave, mas é sempre necessário investigar o que pode ser sangue nas fezes. Por isso, no caso de qualquer alteração ou sinal – principalmente, se persistente –, é essencial consultar um especialista para uma análise cuidadosa do quadro.

Para identificar a causa e o local do sangramento, o médico poderá solicitar análises de sangue e de fezes. E, dependendo da suspeita, também podem ser necessários exames de imagem, como endoscopia, colonoscopia, tomografia ou ressonância.

Assim, sabendo o que pode ser sangue nas fezes e as reais causas do sangramento ao evacuar, o paciente poderá ter o diagnóstico e o tratamento adequados. 

Para mais informações sobre doenças gastrointestinais, acesse a nossa Central Educativa!

Abrir o chat
Podemos te ajudar?
Dra. Beatriz Azevedo
Olá, Podemos te ajudar?